homem evangelico

Quais hábitos um homem evangelico deve ter

É muito fácil hoje em dia encontrar diversas pessoas que se dizem cristãs, mas o que realmente determina nossa vida no caminho certo é o nosso comportamento. Quer saber mais? Neste artigo, vamos falar sobre 3 hábitos saudáveis do homem cristão.

Seguir o caminho de Jesus Cristo definitivamente é a melhor maneira de ter uma vida melhor em um mundo cada vez mais complicado e cheio de sofrimentos.

Com o passar dos anos, nossa sociedade foi criando determinadas culturas e hábitos para quase tudo que permeia nossa vida na terra: hábitos saudáveis de alimentação, de atividade física, para ter boa saúde… E por que não criarmos nossos próprios hábitos saudáveis do homem cristão?

Sempre gostamos de ressaltar em nossos artigos que não importa qual seja o ministério que você frequenta, a bíblia deve ser sempre a norteadora da sua vida como bom cristão. E, é importante que o cristão esteja sempre atento aos hábitos e discursos de seus líderes e de suas igrejas, pois nem sempre eles estão certos ou cobertos de razão.

Sendo assim, ouvir o seu coração e criar seus próprios hábitos como cristão é uma excelente alternativa para continuar firme em seu propósito com Deus.

O que significa ser um bom cristão?

Antes de falarmos dos 3 hábitos saudáveis do homem cristão, é preciso que a gente reflita a respeito do que é ser um fiel. Um bom cristão é aquele que acredita em Jesus e guia sempre sua vida de acordo com os ensinamentos que ele nos deixou.

Muitas vezes Deus nos coloca em meio a provas e lutas diárias para que possamos nos aproximar ainda mais deles. Porém, nem todos o fazem. Muitos cristãos, em períodos de tempestades, culpam Deus e acabam se afastando de seu caminho e isso não é um hábito que um bom cristão tem. Um hábito saudável do homem cristão é permanecer perto de Deus, independentemente das dificuldades.

A bíblia relata passagem onde podemos observar que naquela época também havia diversas dificuldades, mas quando trazemos para os dias de hoje a interpretação precisa ser diferente. Mas jamais esqueça que ele continua sendo Deus, e está sempre vendo através dos olhos de nós, seres humanos.

3 hábitos saudáveis do homem cristão

1 – Orar sempre

Diante de tantas tarefas que precisamos desempenhar no dia a dia, é muito comum ouvirmos as pessoas relatarem sobre a falta de tempo. E é verdade, o tempo anda cada vez mais escasso e quase não damos conta de cuidar de nossas coisas. Mas um dos hábitos saudáveis do homem cristão é se manter em oração sempre. Não importa a falta de tempo, você como bom cristão precisa orar. Da mesma forma que um bom escritor precisa treinar a escrita.

2 – Ser cortês e praticar a gratidão

Não existe nada mais desagradável num ser humano do que a falta de cortesia, o eterno mal humor e a falta de sensibilidade com os demais. Veja bem, o mundo por si só já está cheio de coisas ruins, de pessoas mal-agradecidas e intolerantes. Agora, você, como um bom cristão não precisa contribuir ainda mais para esse cenário catastrófico.

Entre os três hábitos saudáveis do homem cristão ser gentil com os demais é um deles. Não se esqueça também de ser grato com suas conquistas e vitórias.

3 – Trabalhar a fé, o coração e a amizade

Entre os 3 hábitos saudáveis do homem cristão está cuidar da fé, porque muitas vezes pode ser difícil acreditar em algo que não vemos, que apenas sentimos. Por isso, cuide sempre da sua fé, do seu coração e perpetue as boas amizades.

 

 

Criando filhos para a glória de Deus

3 conselhos para criar filhos de acordo com a bíblia

folo leticia
Minha linda filha Letícia fazendo pose que só ela.

Uma das tarefas mais difíceis de um casal é a respeito da criação dos filhos. Como educa-los de maneira conveniente mesmo em um mundo cheio de exageros e desrespeitos. Todos os pais e mães querem ver seus filhos bem-criados e se tornado bons adultos. Neste artigo, vamos apresentar 3 conselhos para criar filhos de acordo com a bíblia.

Você como cristão deve saber o quanto os ensinamentos bíblicos são importantes, inclusive para nos ajudar a educar nossos filhos. Ter que ensinar a eles valores em um mundo cada vez mais materialista e ambicioso, não é tarefa fácil, nem para qualquer pai e mãe.

A verdade é que nem todos possuem as características necessárias para serem pais. E, por isso, muitas famílias atualmente estão se desintegrando e isso reflete diretamente na educação dos filhos.

Tomando as rédeas

Um dos grandes erros quando o assunto é educação de filhos no mundo contemporâneo é suprir carência afetiva com coisas materiais. Essa é definitivamente uma atitude totalmente contrária quando se deseja criar os filhos de acordo com a bíblia.

É preciso tomar as rédeas na hora de educar, saber o momento certo de dizer não sem precisar alterar a voz. O maior exemplo que os filhos têm vem de dentro e casa. Quando os pais se comportam com boas maneiras e de acordo com os princípios da bíblia, a educação correta é aplicada e segue naturalmente.

Provérbios capítulo 10 versículos 1 “Filho sábio alegra a seu pai, mas o filho insensato é a tristeza de sua mãe

Para que os filhos não se tornam a tristeza da mãe, a convivência com a família precisa ser baseada no amor ao próximo e a si mesmo. Uma boa educação, e de acordo com a bíblia, começa com o comportamento dos pais. Não pense que educar um filho se baseia na negação e no desejo de mantê-lo sempre por perto. Muito pelo contrário, é preciso dar liberdade, mas ensinar a responsabilidade, que se começa de cedo. Desde de desejar um bom dia para o vizinho, como também aprender a ser grato com as pequenas coisas que tem.

Diálogo é fundamental

Em Efésios 6 diz: “Filhos, obedecei a vossos pais no Senhor, porquanto isto é justo. 2“Honra a teu pai e tua mãe”; este é o primeiro mandamento com promessa”

Para que os filhos possam crescer em um ambiente sadio, é preciso que eles compreendam desde pequenos a importância de respeitar os pais, amigos e familiares. Porque depois que eles crescem, se torna muito difícil criar filhos de acordo com a bíblia.

3 conselhos para criar filhos de acordo com a bíblia

1 – Compreenda as angustias de seu filho e seja presente

Os pais podem e dever se colocar no lugar dos filhos, pois já passaram pela mesma situação. Tentar compreendê-los, observar suas angústias e necessidades para conseguir dar apoio emocional sempre que possível. A propagação do amor e do respeito ao próximo são os grandes fundamentos de uma boa educação.

 2 – Ajude-os a fazer boas escolhas

Cabe aos pais apoiarem seus filhos nas decisões mais importantes da vida e incentivá-los seja qual for o sonho deles. É errado exigir que os filhos sigam uma determinada carreira, por exemplo, sendo que não é de sua vontade. Se você apenas mostrar os bons caminhos, ele certamente vai ter discernimento para fazer as escolhas corretas. Não interfira, oriente.

Provérbio 4 versículo 1: Ouvi, filhos, a instrução do pai e estai atentos para conhecerdes o entendimento

3 – Ensine-o a ter fé desde sempre

Não espere que eles cresçam para falar de Deus ou de religião. É de cedo que se aprender que existe algo superior a nós e que este mundo é apenas uma passagem para um outro muito melhor.

Não é difícil criar filhos de acordo com a bíblia, basta persistir. Eu melhorei muito quando conheci o curso teologico da universidade da biblia. Mas se você está sem grana no momento,  você encontrar um curso gratis deles clique aqui.

É possível eu me tornar um crente melhor?

Para servir a Deus sabemos que também é importante frequentarmos uma igreja para recebermos os ensinamentos bíblicos e, consequentemente, termos uma vida mais equilibrada e feliz. Neste artigo, vamos falar sobre como você pode ser um cristão melhor na sua igreja.

Vamos lá?

Os seres humanos precisam passar diariamente por diversos obstáculos e desafios. Alguns são mais fáceis de lidar, porém outros oferecem muitas dificuldades e só a casa do senhor para nos confortar e nos guiar para um caminho melhor.

Acontece que nem sempre todos os irmãos que estão na igreja seguem de fato o caminho de Deus. É por isso que, em algumas congregações há intrigas, fofocas e até brigas, o que está totalmente errado e fora dos princípios cristãos. Afinal, a igreja não seria a representação da casa de Deus na terra?

A igreja deve ser um lugar de calma, paz e de clamor a Jesus e jamais o oposto de tudo isso. Você pode ser um cristão melhor na sua igreja respeitando, antes de tudo, a casa do senhor. Faça a sua parte, respeite seus irmãos e coloque sempre a busca da fé como meta dentro de uma igreja. Qualquer intriga ou briga precisa ser descartada e evitada nesses ambientes.

igreja

A busca da verdade dentro de você

É claro que frequentar uma congregação faz parte do ritual e da vida em comum com Jesus. Mas isso é apenas uma parte de todo o caminho que temos que trilhar aqui na terra. A busca da verdade está dentro de você, o templo é apenas um guia, onde os pastores nos ensinam sobre os costumes cristãos.

Você pode ser um cristão melhor na sua igreja horando e clamando sempre em nome de Jesus, jamais com o intuito de conseguir bens materiais, como fazem em determinadas igrejas.

Frequente a igreja para aprender mais e compreender as palavras e ensinamos de Cristo na terra. Você precisa ser bom cristão em todos os lugares, e não somente na sua igreja.

Assim que você identificar comportamentos diferentes ou prejudiciais dentro da igreja, interfira. Cabe a todos os cristãos do templo manter o bom convívio e paz, pois esses são os verdadeiros motivos que fazem as pessoas frequentarem a casa do senhor.

Procure mudar suas atitudes sempre que observar que algo não está caminhando bem. Você pode buscar apoio com o pastor e líder da sua congregação que deverá apoiá-lo com orientações corretas.

Essa mudança de atitude irá fazer de você um cristão melhor na sua igreja, uma pessoa que auxilia, aconselha os demais e que está sempre de prontidão para ajudar os demais.

 Dicas para ser um cristão melhor na sua igreja

 Fique longe de intrigas e fofocas; o seu objetivo dentro da igreja é buscar a Jesus e a paz para uma vida plena

  • Dentro da igreja e também em outros lugares que frequenta, procure sempre honrar o nome de Jesus, nem que seja em pensamento
  • Sempre que possível, colabore com as causas e comemorações da igreja
  • Sempre que a sua igreja, ou até mesmo você estiver passando por alguma dificuldade, coloque toda a sua fé em nome do senhor
  • Para ser um cristão melhor na sua igreja é preciso abandonar os hábitos ruins, como cigarro, bebidas alcoólicas
  • Siga de acordo com os ensinamentos da bíblia e, mesmo quando não conseguir compreender certas passagens, busque orientação com o seu pastor. A igreja e seus líderes precisam atender os frequentadores sempre que forem solicitados
  • Para ser um cristão melhor na sua igreja espalhe amor aos demais irmãos, sem julgamentos e sem costumes negativos

Viu, como você pode ser um cristão melhor na sua igreja? Arrisque!

Como posso melhorar meu testemunho evangélico no emprego

Nem sempre nosso local de trabalho tem uma energia boa, porém, diariamente precisamos enfrentar tudo isso e seguir com a nossa carreira para mantermos nossa família. Mas o bom cristão pode buscar apoio nos ensinamentos religiosos e também na bíblia para ter um bom clima no trabalho.

Quer receber mais informações sobre como você pode ser um cristão melhor no seu emprego? Então fique conosco e leia este artigo até o fim.

Devido às fortes exigências e pressões que temos no dia a dia, nem sempre é fácil lidar com os colegas de trabalho e ainda as inúmeras tarefas que devemos desempenhar.

Mas o bom cristão sempre consegue, através da oração e conexão com Deus, seguir no caminho certo e superar os obstáculos. É possível ser um cristão melhor no seu emprego, desde que você respeite a si mesmo, seu líder, seus colegas e, principalmente, suas virtudes.

O desafio do cristão no emprego não se deve apenas às questões cotidianos de trabalho, mas também com as diferenças entre credo, virtudes, personalidades, entre outros.

O seu emprego não representa quem de fato você é

É muito comum nos dias de hoje as pessoas dar uma supervalorização sobre suas profissões e cargos. Já reparou como muitos de nós nos apresentamos atualmente? Meu nome é tal e sou médica, ou psicóloga, ou advogada.  Isso está completamente errado de acordo com a bíblia e com os ensinamentos cristãos.

Você pode ser um cristão melhor no seu emprego, sem precisar perder a sua essência e suas crenças. O fator mais importante para permanecer bem no emprego é se basear no respeito, seja no tratamento com líderes ou colegas. O seu emprego é apenas um método que todos nós precisamos enfrentar para conseguirmos nos manter, e apenas isso. Logo, seus valores como um cristão jamais podem ser afetados pelo ambiente de trabalho.

Dicas para ser um cristão melhor no seu emprego 

  • Respeite a si mesmo, os colegas de trabalho e seus líderes
  • Não misture religião dentro do ambiente de trabalho; apenas siga com seus bons costumes
  • Não tente convencer ninguém a respeito de crenças
  • Procure manter o relacionamento apenas no nível profissional, ninguém precisa saber o que você faz aos finais de semana
  • A sua consciência é que guiará você para ser um cristão melhor no seu emprego, como também em qualquer outro ambiente
  • Encare seu emprego como oportunidade de manutenção da vida em sociedade, não como seus princípios e crenças religiosas
  • Jamais se comporte de forma preguiçosa, pois de acordo com provérbio 12:27, o preguiçoso deixa de assar a sua caça, mas ser diligente é o precioso bem do homem.
  • Cuide do presente com o intuito de oferecer um futuro melhor e com bom sustento para a sua família. “”O que ajunta no verão é filho sábio, mas o que dorme na sega é filho que envergonha”

Bons costumes e cortesia em todos os lugares

Você pode ser um cristão melhor no seu emprego, mas é importante que preserve os bons costumes em todos os lugares: com o vizinho, na igreja com seus irmãos, com parentes e familiares, entre outros. Um bom cristão sempre guia sua vida e comportamento de acordo com os ensinamentos.

Além disso, quando você se propõe melhorar sempre e conviver com harmonia, automaticamente você consegue ser um cristão melhor no seu emprego, mas também em outras situações da vida.

Dentro do ambiente de trabalho, a sua conduta deve ilustrar como a de uma pessoa transformada, e que foi lapidada pelo do Espírito Santo. Nada de intrigas, fofocas, rancor ou de “puxar o tapete” para se dar bem.

Viu, como você pode ser um cristão melhor no seu emprego?

 

Lições sobre o sermão da montanha

Você conhece o sermão da montanha? Trata-se de um trecho que está entre Mateus 5 a 7, sendo que há diversas visões e teorias sobre a sua compreensão. Quer conhecer um pouco mais sobre esses ensinamentos? Então leia este artigo até o fim, pois vamos apresentar algumas Lições sobre o sermão da montanha.

Alguns estudiosos acreditam que o sermão da montanha é um evangelho sobre o reino de Jesus. Já outros, entendem as Lições sobre o sermão da montanha abordam a respeito dos princípios morais e éticos sobre o reino. Trazendo para os dias atuais, é como se as Lições sobre o sermão da montanha nos apresentassem um cenário a respeito do ser humano, e da maneira como hoje estamos vivendo, sem valores e com uma imensa degradação moral.

montanha

Na realidade, Lições sobre o sermão da montanha estabelecem as diretrizes do reino de Deus na terra. É uma espécie de cartilha que apresenta os princípios fundamentais do reino aqui na terra.

Através desse sermão, é possível compreender o que Deus espera dos fiéis.

Mas afinal, qual é a chave para que possamos entender as Lições sobre o sermão da montanha

A chave para compreender e entender as Lições sobre o sermão da montanha, está no primeiro versículo, Mateus 5 1. Jesus vendo a multidão subiu ao monte e aos poucos aproximaram-se dele seus discípulos. Essa é a chave, ou seja, o sermão não é para o povo em geral, mas para seus discípulos.

É importante ressaltar que as Lições sobre o sermão da montanha não são preceitos para as pessoas obterem a salvação, mas sim um padrão de comportamento que se esperava das pessoas que já eram discípulos de Jesus, para assim fazer parte do seu reino. É uma espécie de ordem para o que eles deveram fazer e como se comportar.

É preciso explicar e esclarecer que essas palavras foram ditas a judeus antes da formação da igreja. Portanto, essas palavras e lições foram dirigidas primeiramente aos súbitos do rei Jesus. Como Cristo foi rejeitado como rei, o reino dos céus assumiu um novo carácter de reino.

Podemos compreender que a ideia de reino dos céus não se concretizou e, hoje, o reino dos céus é aquilo que estaria na terra. Por isso, Lições sobre o sermão da montanha tem como base abordar os ensinamentos para o reino.

Divisão do evangelho de Mateus

Ao observamos a divisão do evangelho de Mateus, há cinco grandes em seus 28 capítulos. Mateus foi escrito para convencer os judeus de que Jesus era o Messias.

Há quem diga que Mateus retrata Jesus como o novo Moisés, o libertador e uma nova montanha do Sermão. No sermão da montanha, Jesus aborda os princípios da lei de Deus para o povo.

Há quem acredita que o sermão da montanha esteja baseada na graça de Jesus e, sendo assim, a lei estaria anulada, mas não é verdade. Em Mateus, Jesus deixa claro que não veio apara destruir as leis e sim para cumprir.

Além disso, ele ainda fez um trabalho diferenciado na terra, tomando os mandamos e os ampliando. Por exemplo, quando o assunto é adultério: é pecado não apenas quando há uma conjunção carnal, mas também quando alguém olha para o outro com intenção, já seria pecado.

Dessa forma, acredita-se que o pecado não se reflete apenas nas ações, mas nos pensamentos e intensões que os seres humanos têm. Quando Jesus aborda aspectos da justiça, ele se refere a justiça que vem da graça de Deus, sendo assim é aquela justiça não criada pelo homem para ser perfeito, mas sim com origem da justiça que vem da graça de Deus.

As lições sobre o sermão da montanha de fato são complexas e, por isso, é preciso um amplo estudo para que ocorra uma interpretação ampliada.

O que é teologia histórica

teologia historica

Podemos compreender como teologia histórica o processo de revelação de Deus. Trata-se de uma doutrina que busca investigar e conhecer as ideias da igreja, e que formam formuladas no passado. Quer saber mais sobre o tema, então leia este artigo até o fim onde vamos abordar mais sobre o que é teologia histórica.

Os cristãos têm hoje diversas ferramentas para ajudar na compreensão da bíblia: temos as regras hermenêuticas, onde tratamos a abordagem do texto, assim como os diversos blocos de textos onde procuramos definir a mensagem que aquele texto está tentando nos ensinar.

Foi no século XVI que surgiu a teologia histórica dentro da conjuntura sobre a Reforma Protestante.Com os debates e discussão sobre o que era originalmente cristão, tornou-se decisivo verificar a continuidade entre as reformas protestante e católica e a Igreja Antiga.

Podemos observar a teologia histórica como uma ligação entre duas áreas fundamentais, história da Igreja e a teologia cristã. O objetivo da teologia histórica é abordar a respeito do desenvolvimento e das demais doutrinas cristãs. Resumindo: a Teologia Histórica tem como meta investigar a origem das teorias a respeita da, considerando o contexto, as controvérsias e principalmente a importância dessas doutrinas para Igreja.

Hoje o cristão pode recorrer à história da teologia de duas maneiras e abordagens distintas: a cronológica e a temática, sendo que o viés temático trabalha de forma separada a respeito dos principais temas da teologia cristã: Deus, Cristo, o ser humano, a salvação, a Igreja, entre outros.

Já a cronológica atua com a perspectiva entre os principais autores e tópicos iniciando com a Igreja antiga e dando continuidade até o período contemporâneo.

Ferramenta para o conhecimento religioso

Para que a compreensão sobre o que é teologia histórica se torne mais clara, podemos dizer que a teologia histórica funciona como uma ferramenta de ensino e pedagógica, já que tem como princípios proporcionar informações e ensinar a respeito do desenvolvimento sobre os temas teológicos. A teologia histórica é o estudo histórico de como os cristãos em diferentes períodos entenderam os vários tópicos teológicos.

Investigação teológica

A teologia histórica também pode ser compreendida através da investigação que tem como fundamento explorar o desenvolvimento histórico das doutrinas cristãs e identificar os fatores que influenciaram seu desenvolvimento.

Hoje, o papel da teologia é também oferecer respostas para o desenvolvimento do pensamento cristão, assim como discutir questões e problemas do homem contemporâneo, tomando sempre como base os princípios religiosos do passado até os dias atuais.

O estudo bíblico e teológico como ferramenta de conhecimento

Quando iniciamos os estudos bíblico e teológico, começamos a extrair lições e verdades sobre a história da teologia e também a respeito da vida de Jesus Cristo na terra.

É possível, por exemplo, estudar uma parte sobre a vida de Abrão, seguir com os estudos e finalmente compreender qual é a mensagem dessa história dentro do processo da revelação de Deus. A compreensão dos textos teológicos no seu contexto geral é como se desenvolve os estudos sobre teologia histórica.

A teologia é inevitável na medida em que o cristão (ou qualquer outra pessoa) procura pensar de modo coerente e inteligente a respeito de Deus. E não somente é inevitável e universal, como também valiosa e necessária. Sem a reflexão formal a respeito do significado do evangelho da salvação que é parte da teologia, ele se degeneraria rapidamente para a condição de mera religião folclórica e perderia toda a sua convicção da verdade e sua influência sobre a igreja e a sociedade.